Ouvidoria geral

A Ouvidoria atua quando o municipio não se sente atendido pelos orgãos públicos.

Ir para ouvidoria

Solicitar serviço

Solicite poda de árvores, retirada de entulho, troca de lâmpadas, conserto de calçadas, tapa-buracos e outros serviços da Prefeitura.

Solicitar serviços

Sugestões e críticas

Sua opinião é muito importante para nós. Mande sua sugestão, crítica ou elogio para a prefeitura.

Enviar mensagem
ATENDIMENTO GINECOLOGIA

SECRETARIA DE SAÚDE10 de junho de 2021


A Secretaria Municipal de Saúde comunica que na próxima segunda-feira, 14 de Junho, iniciará o atendimento de ginecologia.

Comunicamos que diante da impossibilidade de contratação para atendimento contínuo – por impedimentos legais (Lei 173/20) e não aceitação da remuneração salarial pelos profissionais da especialidade – foi possível a contratação para atendimento dos casos que necessitam de melhor atenção.

Diante disto foi definido por equipe técnica da saúde que o atendimento de rotina de ginecologia será realizado pelos profissionais médicos e de enfermagem das equipes de Saúde da Família e o atendimento especializado será realizado pelo profissional ginecologista, através de encaminhamento dos profissionais (médicos e enfermeiros) de Saúde da Família.

Para os CASOS de ROTINA, o ATENDIMENTO OU ACOMPANHAMENTO, será realizado pelas Enfermeiras e Médicos das Equipes de ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA:
• Endometriose.
• Exames preventivos nas idades de mulheres com idade abaixo de 25 anos ou acima de 65 anos, ou nas demais idades, caso haja alteração diagnostica em exames anteriores do Papanicolau.
• Infertilidade.
• Gestantes acima de 36 semanas de gestação, prioritariamente.
• Gravidez.
• Mioma.
• Mulheres histerectomizadas.
• Processos de esterilização (laqueadura).
• Síndrome do Ovário Policístico.
• Cisto de Ovário.

Para os CASOS de ROTINA, o ATENDIMENTO OU ACOMPANHAMENTO, será realizado pelas Enfermeiras e Médicos das Equipes de ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLA:
• Alteração na cor, cheiro e textura das secreções do órgão genital.
• Alterações hormonais provocadas pela chegada à adolescência.
• Cólicas menstruais fortes.
• Dor durante ato sexual.
• Dor, secreção nas mamas.
• Dor ou corrimento.
• Infecção urinária.
• Infecções no órgão genital.
• Mamografia de mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos ou em mulheres fora da faixa, com queixa e antecedentes.
• Menstruação muito abundante ou ausente.
• Sangramento uterino anormal.
• Vulvite e vulvovaginite.

Última atualização: 17 de setembro de 2021